Diálogo ouvido numa padaria:

 

Cliente: – Bom dia!

Funcionário: – Bom dia! O que vai ser?

Cliente: – Queria um café, por favor.

Funcionário: – Queria? Então já não quer?

 

Esta é a piada do “Queria? Então já não quer?”.

 

Será que o cliente deveria ter dito “quero um café” em vez de “queria um café”? Qual é a forma mais correta?

 

Na verdade, não é uma questão de correto ou incorreto. Tudo isto tem a ver com um dos princípios reguladores do discurso – o princípio da cortesia. De acordo com este princípio, o nosso discurso deve adaptar-se à situação e ao interlocutor.

 

“Quero um café” soa a ordem, enquanto que “queria um café” soa a pedido e sugere mais delicadeza, civilidade. Por isso, é que utilizamos o Imperfeito (queria) em vez do Presente (quero).

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPOR OUTRO LADO
Próximo artigoHOMENAGEM